Tóquio 2020 confirma primeiro caso de Covid na Vila Olímpica

O comitê organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 confirmou neste sábado (17) o primeiro teste positivo para a Covid-19 entre os residentes da Vila Olímpica. Foi um cidadão não japonês, membro de uma das delegações olímpicas estrangeiras atualmente na Vila, mas não um atleta, segundo os organizadores, que não forneceram mais detalhes por razões de confidencialidade.

É o primeiro caso de coronavírus entre as equipes do complexo residencial em uma das ilhas construídas na Baía de Tóquio e foi descoberto seis dias antes da cerimônia de abertura, em um momento de um surto de contágio na área da capital japonesa.

Os organizadores estão coletando informações sobre os contatos próximos da pessoa afetada, segundo o chefe executivo, Toshiro Muto, que concedeu entrevista coletiva sobre segurança na Vila Olímpica.

– Estamos tomando medidas firmes contra a Covid, inclusive dentro da Vila. Além disso, os atletas devem, em princípio, ser testados todos os dias, e agora que houve um teste positivo, essa pessoa será imediatamente isolada – destacou Muto.

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, também se pronunciou a respeito e garantiu que o caso não representa riscos para as delegações nem para a população japonesa e destacou que a pessoa infectada foi isolada.

O primeiro teste positivo em delegações estrangeiras detectado no Japão foi o de um treinador da equipe olímpica de Uganda na chegada ao país, em 19 de junho, seguido de um positivo posterior entre um dos atletas, que atualmente estão hospedados no município de Izumisano, no oeste do Japão.

O teste positivo na Vila Olímpica poderia ser outro fator nas dúvidas da população japonesa sobre a segurança dos Jogos, e chega apenas um dia depois que foi noticiado que um atleta da delegação ugandense havia escapado de seu hotel com a intenção de começar uma nova vida no Japão.

EFE

Comentários
  1. Posted by Antonio

Qual sua opinião?