Tragédia: RN tem os piores índices da indústria do nordeste de 2002 a 2014 crescendo 26 vezes menos que a Paraíba

O Economista do IBGE, Aldemir Freire postou no seu twitter na manhã deste domingo a trágica situação do RN quando se trata do desempenho da nossa industria de 2002 a 2014. Inclusive nesse período de 12 anos, o RN foi o lanterna do Nordeste, em alguns setores tendo inclusive retração.

Só para o leitor ter ideia, o RN cresceu 5X menos do que o penúltimo colocado que foi o Ceará e Sergipe com 1,5%, cresceu 6X menos do que a média nacional e cresceu 33x menos do que o Piaui que foi o campeão da região nordeste no período e 26X menos do que a vizinha Paraíba.
Nesse período de 12 anos o Rio Grande do Norte foi governador por Fernando Freire(abril a dezembro de 2002), Wilma de Faria(2003 a abril de 2010), Ibere Ferreira(abril de 2010 a dezembro de 2010) e Rosalba Ciarlini(Janeiro de 2011 a dezembro de 2014).
Vejam o que escreveu Aldemir

“O Rio Grande do Norte vive uma longa crise do seu setor industrial, que vai muito além da conjuntura da recessão brasileira. O gráfico abaixo mostra que entre 2002 e 2014 a indústria de transformação cresceu apenas 0,3% ao ano. Já a extrativa encolheu a uma taxa de -2,8% ao ano.

“Nesse mesmo período as “atividades financeiras, seguros e serviços relacionados” cresceu a 6,8% ao ano; o comércio a 6,1% a.a. e as atividades de “eletricidade, água, esgoto e gestão de resíduos” cresceu a 5,1%; alojamento e alimentação a 5% a.a.

No contexto do Nordeste o desempenho da indústria potiguar também ficou na lanterna. No caso da extrativa em função da grande queda da produção de petróleo e gás. Mas a crise da indústria local também é grave no segmento de transformação, que ficou estagnada de 2002 a 2014.”
Blog do BG

 

Qual sua opinião?