Filhos pedem interdição de Cid Moreira e prisão de madrasta

Roger e Rodrigo Moreira, filhos do apresentador e locutor Cid Moreira, entraram com um processo na vara da família de Petrópolis, cidade do Rio de Janeiro, pedindo a interdição do jornalista. O R7 teve acesso ao documento protocolado nesta terça-feira (20), em que os herdeiros alegam que o veterano de 93 anos enfrenta “demência” e vem sendo controlado pela mulher, Fátima Sampaio Moreira. 

No documento, Roger e Rodrigo declaram que a madrasta, 40 anos mais jovem que Cid, estaria subtraindo bens materiais do jornalista, transferindo “tudo o que pode para parentes por preço vil e na sequência vendendo por preço real”. 

Roger e Rodrigo afirmam ainda que Fátima mantém Cid Moreira em “cárcere privado”. Eles alegam que a mesma tem por hábito deixar comida pronta por quinze dias, permitindo com que o marido se “alimente as vezes de comida estragada e vencida”. Descuido com medicações e reposição dos mesmos também são mencionados no documento. “O idoso está tecnicamente na mão da ‘mulher'”, declararam os herdeiros.

O processo da mesma forma diz que Fátima teria se casado com Cid motivada por “interesses econômicos”, e por este motivo, pedem uma tutela de urgência e a prisão da madrasta. Roger e Rodrigo reiteram que “tem-se notícias que a mesma agride” Cid Moreira.

R7 entrou em contato com a assessoria de imprensa de Cid Moreira para pedir um posicionamento sobre o caso. “Oficialmente não temos o que comentar porque o Cid não foi notificado”, informou o porta-voz do apresentador. 

Portal R7

Qual sua opinião?