Pescador morre afogado durante mergulho para captura de lagostas em Rio do Fogo, RN

Pescador Pedro Nicácio, de 39 anos, morreu afogado em Rio do Fogo — Foto: Cedida

Um pescador de 39 anos, identificado como Pedro Nicácio da Cunha Filho, morreu afogado após mergulhar no mar do Litoral Norte potiguar, para capturar lagostas. O caso aconteceu por volta do meio-dia desta quarta-feira (1º) em Rio do Fogo.

Segundo o cunhado do pescador, Bruno Lopes, Pedro tinha saído de casa para trabalhar junto com outros colegas em uma jangada, no primeiro dia de pesca de lagosta, após o período de defeso.

O grupo estava a aproximadamente 10 milhas da praia – aproximadamente 18 km – e o pescador realizou o mergulho sem oxigênio, a uma profundidade que cerca de 15 metros.

De acordo com o cunhado, Pedro era experiente e os colegas dele não souberam dizer o que houve de errado no processo.

“Desde que eu o conheço, ele realizava pesca de lagosta, de polvo. Acho que desde os 18 anos”, disse Bruno.

Ainda de acordo com o cunhado, ao perceberem que o colega não estava bem, os outros pescadores o tiraram da jangada e usaram uma bandeira branca para pedir ajuda a uma embarcação que passava pelo local.

O barco contava com oxigênio e prestou os primeiros atendimentos à vítima, mas ao chegar à praia, foi constatado o óbito. Com informações do g1 RN

Copy link