Com salários atrasados professores marcam assembleia para deliberações importantes

Uma cena que virou rotina em Touros, distante há 85 km da capital do estado, Natal-RN, é ver o amargo dos salários atrasados, do funcionalismo público da “Esquina do Brasil”. Depois de receberem o décimo terceiro salário de 2017 em 03 de janeiro 2018.

Vale frisar que alguns funcionários da educação ainda não receberam o décimo de 2016, e até a presente data a prefeitura de Touros ainda não pagou os vencimentos dos funcionários do município referente ao mês de dezembro, com isso professores da rede municipal de Touros/RN, aprovaram para dia 16 de janeiro, uma “assembleia” para deliberar sobre o atraso salarial e outros assuntos.

A  “assembleia” irá acontecer as 08h30, na Escola Municipal Dr. Orlando Flávio Junqueira Ayres, com a seguinte pauta: Informe sobre audiência com o prefeito de Touros; Apresentação da tabela do piso 2018; Pagamento dos salários de dezembro de 2017; Direitos não cumpridos do PCCR do Magistério; Merenda escolar e; Transferência de educadores.

Até o momento o poder executivo municipal, não conseguiu explicar porque está atrasando os salários dos professores da rede municipal já que os vencimentos dos educadores são pagos pelo FUNDEB. Estes recursos devem ser empregados exclusivamente em ações de manutenção e de desenvolvimento da educação básica, particularmente na valorização do magistério, devendo ser subdivididos para aplicação, da seguinte forma:

Touros em Foco

Qual sua opinião?