Robinson é quem rompeu com o PC do B

O PC do B anunciou com toda empáfia que rompeu com o governador Robinson Faria (PSD), mas foi exatamente o inverso. O partido perdeu espaço no governo com a extinção da Secretaria Estadual de Esportes e Lazer. A pasta era ocupada pelo comunista Canindé de França.

Não convence dizer em nota que a legenda rompeu com o governador alegando ser contra a cópia das reformas de Michel Temer feitas por Robinson Faria. A legenda posou de fiel escudeira do chefe do executivo estadual na época do impeachment enquanto o PT saia da parceria política após Fábio Faria (PSD) se posicionar a favor da queda da então presidente Dilma Rousseff.

Não tem santo nessa história. O PC do B vinha se entendendo há tempos com o PT. Logo não fazia sentido mesmo o partido seguir dentro de um governo que já não fazia mais parte.

A aliança existia apenas do ponto de vista formal. O PC do B era uma espécie de versão local do PSDB que está no governo Temer para usufruir dos cargos já tendo um outro projeto político para as eleições deste ano.

Blog do Barreto

Qual sua opinião?