Audiência no Legislativo defende luta contra Ensino a Distância para a Saúde

Em alusão ao Dia da Enfermagem, comemorado no último dia 12, a Assembleia Legislativa debateu, na tarde desta terça-feira (14), o tema “EAD na Enfermagem – presencial para ser legal”. Proposta pelo deputado Hermano Morais (MDB), a audiência pública discutiu a qualidade e legalidade do método de Ensino a Distância (EAD) para a formação de enfermeiros e técnicos de enfermagem.

“Fiquei muito honrado por ter sido procurado para abrir essa discussão aqui no Legislativo Potiguar e tratar de um assunto tão importante. A questão do ensino a distância na área de Enfermagem me deixa muito preocupado. É muito claro que as pessoas com problemas de saúde sentem a necessidade de ser atendidas por um profissional bem formado. Nada contra a modalidade EAD, mas ela não é o melhor caminho para quem deseja exercer essa profissão, e isso também não é interessante para a população como um todo”, opinou Hermano.

A metodologia de Ensino a Distância na área da Saúde vem sendo tema de questionamento e discussão em todo o país, nos últimos anos. Conselhos de classe se posicionam contrários à modalidade e defendem que, para a boa formação e o exercício da profissão com qualidade, são fundamentais a prática e o contato humano.

Qual sua opinião?