Parceria do Sebrae com órgão alemão vai potencializar eficiência energética do RN

A aproximação do Sebrae do Rio Grande do Norte com o órgão do governo alemão Eic Trier Ihk/hwk Europa und Innovationscentre Gmbh poderá gerar parcerias para o desenvolvimento de ações no setor de energias renováveis no estado. O primeiro contato aconteceu recentemente entre o diretor superintendente da instituição, José Ferreira de Melo Neto, o diretor do Instituto para o Desenvolvimento das Organizações (IDO), Andreas Dohle, representante alemão radicado em Santa Catarina e Matthias Fuchs, representante do governo do estado da Renânia-Palatinado.

A ideia é estabelecer uma parceria para um trabalho de apoio à certificação de empresas potiguares na área de energias renováveis e realizar ações educacionais no âmbito de projetos como o Despertar, ora desenvolvido com a Secretaria de Educação do Estado, e que está sendo reestruturado para 2020. Participaram da reunião o também a gerente da Unidade da Unidade de Desenvolvimento Setorial do Sebrae-RN, Lorena Roosevelt, a técnica Amora Vieira, da área de Mercado do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER) do Rio Grande do Norte e a analista técnica do Sebrae-RN, Maézia Teodora.

O diretor superintendente do Sebrae no Rio Grande do Norte, José Ferreira de Melo Neto, enfatizou a importância da aproximação com o governo alemão e especialistas em energias renováveis para o estabelecimento de parcerias que permitam o desenvolvimento do setor no estado. “Queremos estabelecer parcerias com os alemães, a fim de trocarmos experiências e conhecer inovações que possam contribuir com o desenvolvimento do setor no nosso estado”, explica Melo.

O diretor do Instituto para o Desenvolvimento das Organizações (IDO), Andreas Dohle, afirma que o Sebrae é um parceiro essencial no âmbito da Comissão de Energias Renováveis (COERE/FIERN) e essa maior aproximação com o governo alemão é muito importante para fortalecer o fomento ao setor de energias renováveis. “Eu acredito que com o apoio do Sebrae, temas como energias renováveis e eficiência energética podem ser introduzidos nas escolas de ensino médio do estado e que também seja possível realizar um trabalho de certificação de empresas dessa área”, diz Matthias ao reforçar a possibilidade de parcerias exitosas. “Teremos bons frutos, energias positivas e limpas”, acrescenta.

Projeto Verena

A gerente da Unidade de Desenvolvimento Setorial do Sebrae-RN, Lorena Roosevelt, apresentou o Programa RN Solar, destacando os benefícios do sistema de energia renovável e a criação de uma calculadora solar que dimensiona o tamanho do sistema e os impactos econômicos. Ela lembrou que o Rio Grande do Norte é o primeiro estado em energia eólica no Brasil. “A atuação do Sebrae no processo irá fortalecer os mecanismos de diálogos com as empresas do segmento de energia solar”, diz Lorena, lembrando que há uma grande demanda e oferta de serviços neste setor em todo o estado.

Há três anos vem sendo desenvolvido um termo de cooperação técnica entre a instituição governamental alemã Eic Trier Ihk/hwk Europa und Innovationscentre Gmbh, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI-DR/RN, e o Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis – CTGAS-ER do Rio Grande do Norte. Denominada de Projeto Verena, a cooperação objetiva o desenvolvimento de ações de educação profissional com transferência de tecnologias nas áreas de energias renováveis e eficiência energética, através da capacitação de pessoal, prestação de serviços de assessoria e consultoria de acordo com a demanda do mercado, e a criação de mecanismos de diálogo com as empresas relevantes do setor na área de formação profissional.

Blog do FM

Qual sua opinião?