Transparência: Relatório quadrimestral de saúde foi apresentado em audiência pública em Guamaré

Para prestar contas do último quadriênio de 2019 e do primeiro quadriênio de 2020, a Secretaria Municipal de Saúde de Guamaré organizou uma audiência pública, nessa quinta-feira, 8, na Câmara Municipal. O evento foi presidido pelo Secretário Municipal de Saúde, Fabrício Morais de Araújo e contou com a colaboração da Secretaria adjunta da pasta, Walmira Guedes.

Durante a audiência com a presença de 26 participantes, foi exposta a situação que se encontra a Secretaria Municipal de Saúde e as transferências de recursos que foram recebidos dos governos, Federal, Saúde SUS e Estadual, além das despesas totais que foram liquidadas. O índice de aplicação em Saúde foi de 64.20 %.

Prestando contas
A Secretaria adjunta Walmira Guedes apresentou as ações e serviços de saúde referentes ao cumprimento de metas fiscais do 1º Quadrimestre de 2019 e do 3º Quadrimestre 2020. O número de atendimentos e exames realizados com os usuários do SUS também foi apresentado na ocasião.

No relatório exposto, dados de atendimento de diferentes programas e especialidades, número de exames realizados, indicadores, ações realizadas para conscientização e prevenção. O relatório financeiro, incluindo assistência hospitalar, repasses do SUS e contrapartidas do município também foi apresentado durante a audiência.

A audiência contou com a participação de membros do Conselho Municipal de Saúde, coordenadores da atenção básica, Diretor do Hospital Manoel Lucas de Miranda e da coordenadora do CER. A reunião foi encerrada pelo secretário Fabrício de Morais Araújo.

Cumprindo a lei
A Audiência Pública ocorreu em observância e atendendo as prerrogativas legais editadas mediante os atos normativos: Lei Federais nº 8.080 de 19 setembro de 1990, nº 8.142 de 28 de dezembro de 1990, nº 8.689 de 27 julho de 1993, Resolução Nº345, de 13 de janeiro de 2005, além da lei Nº 141 de 13 de janeiro 2012. Em razão da pandemia da Covid-19, a audiência com os números de 2019 não foi possível ocorrer no primeiro semestre deste ano.

Guamaré em Dia

Qual sua opinião?