Trafego de canoas em Guamaré e Galinhos está livre de impedimentos, mas para trafegar precisar se regularizar nos órgãos competentes

O tráfego marítimo de canoas, entre os municípios de Guamaré e Galinhos está livre de qualquer impedimento, assim ficou definido após encontro realizado na Capitania dos Portos, nesta segunda-feira (25), na capital Potiguar.

Durante a reunião, o capitão Inácio da Marinha do Brasil, esclareceu que, as embarcações poderiam sim circular, não estavam proibidas, segundo o Capitão, deixou uma ênfase, “NECESSITAM DE REGULARIZAÇÃO, ATRAVÉS DO ALVARÁ E LAUDO DO ENGENHEIRO NAVAL”.

Após os esclarecimentos na reunião onde a comitiva das cidades de Guamaré e Galinhos, saíram com todos os esclarecimento para que os barcos possam trafegar nos Rios Aratuá e Miassaba, sem qualquer impedimento. Com as informações obtidas, será possível tomar medidas pelo poder publico municipal presente à reunião, para auxiliar a classe na regularização regulamentada em Lei pela Marinha do Brasil, para que possam trafegar nos rios, medidas serão tomadas para legalização dos barqueiros.

Participaram da reunião, o presidente da Câmara Municipal de Guamaré Diego Miranda, vereador Daniel do Sub, Manu de Nascimento, Miranda Júnior e Thiago de Berg. Participou também o ex-candidato a prefeito de Guamaré Marujo (Mario de Lucila), Ex-prefeito de Guamaré Adriano Diógenes, secretaria de Turismo de Guamaré Mohana Freitas, o presidente da Colônia dos Pescadores de Guamaré Z-7, o Sr. Emanuel Pereira de Melo (Bell), a presidente da Colônia de Galinhos Z-30 Rosangela da Silva, o secretário de Turismo de Galinhos Saulo Paulo F. Leão, pescadores e representantes do seguimento de turismo de ambos os municípios.

Fonte: Guamaré News