DNOCS reduz de 60 para 30 dias a abertura das comportas de Poço Branco

Barragem de Poço Branco, em município de 15 mil habitantes na região do Mato Grande, está fechada desde maio (Foto: Jailson Cruz)

Depois de ser adiada por pressão de lideranças de pescadores, a abertura das comportas da barragem de Poço Branco, município de 15 mil habitantes na região do Mato Grande, fechada desde maio, finalmente deve acontecer nesta sexta-feira, 10, para alegria da população rural que sofre com a falta de água abaixo do açude.

Mesmo assim, depois de uma audiência pública que se arrastou até tarde da noite na Câmara Municipal de Poço Branco, ocorrida nesta terça feira-feira,7, os líderes de uma colônia de 180 pescadores, que exploram os peixes e o camarão ali, conseguiram com que o Departamento de Obras Contra a Seca (DNOCS), responsável pela administração da represa de contenção, reduzisse o tempo de abertura das comportas de 60 dias para 30 dias para, então, reavaliar a capacidade da barragem, que hoje é de apenas 6%.

O Portal Agora RN/Agora Jornal não conseguiu contato com o superintendente regional do DNOCS no Estado, José Eduardo Alves Wanderley, que esteve na audiência pública, para comentar a decisão. Outras fontes que participaram do encontro relataram um clima tenso por parte dos pescadores, que se beneficiam de camarões, tilápias, traíras e curimatãs que brotam nas águas da barragem de Poço Branco, construída originalmente para evitar enchentes na região e perenizar o rio Cearamirim.

As comportas deveriam ser abertas no último dia 6, liberando 27 mil litros por minuto, vazão suficiente para não prejudicar o atual nível da barragem que é de 8,5 milhões de metros cúbicos. A capacidade total é de 136 milhões de metros cúbicos.

Agora RN

 

 

 

Qual sua opinião?