TRE deve julgar hoje ação de abuso econômico e político contra Robinson Faria

São duas Ações de Investigação Judicial Eleitoral tramitando no TRE-RN contra o ex-governador Robinson Faria (PSD).

Ambas ajuizadas pelo Ministério Público Federal com direito a sustentação oral contundente do procurador Ronaldo Sergio Chaves. Pedido crucial; 8 anos de inelegibilidade.

Contundência que chegou a convencer o relator, desembargador Ibanez Monteiro, mas não a maioria dos julgadores.

Na primeira AIJE a derrota do relator por 5 X1. Inelegibilidade afastada com multa aplicada.

Hoje, a possibilidade do novo julgamento da segunda ação com fato correlato a suposto abuso de poder político e econômico em 2018, quando o então governador disputou a reeleição, mas não chegou ao 2º turno.

O juiz eleitoral Fernando Jales pediu vista e a votação pode ser nesta quinta-feira.

A defesa do ex-governador é feita pelo advogado Felipe Cortez.

Do Território Livre/TN