Macau: Prefeito Túlio Lemos frustra-se em projeto de reeleição obtendo menos de 900 votos

Depois e se eleger à chefia do Poder Executivo de Macau, zona salineira do Vale do Açu, no pleito sucessório de 2016, com 87,53% dos votos válidos – percentual correspondente a 9.115 sufrágios -, o prefeito Túlio Lemos (PSD) – foto – amargou um desempenho pífio na tentativa de reeleição, cujo ápice se observou neste domingo (15).

Na busca pela renovação do mandato, o gestor municipal só atingiu a marca de 895 votos (5,23%), ficando somente na terceira colocação no geral, superado pelo segundo colocado, Raimundo Nonato da Silva, Raimundo da Casa de Saúde, do Republicanos, que somou 5.141 votos (30,06%); e, do ex-prefeito e prefeito eleito José Antônio de Menezes Sousa, do DEM, com 9.670 votos (56,54%).

Pauta Aberta