Exclusivo: Sequestro de João Venâncio não passou de uma munganga

Com exclusividade, o Jornal Folha Regional acompanhou todo roteiro do suposto sequestro de João Venâncio, candidato a prefeito de Antonio Martins, pelo PT.

Ontem Dr. Aroldo Chaves, delegado da polícia civil de Alexandria concluiu o inquérito e indiciou João Venâncio por falsa comunicação de crime.

O advogado, candidato a prefeito de Antonio Martins, João Venâncio confessou tudo, que criou todo o roteiro para tentar promover-se politicamente, foi uma munganga, uma armação. Segundo uma fonte dentro da Polícia Civil.

Não é a primeira vez que isso acontece na cidade de Antonio Martins. O Dr Edmilson Fernandes no passado passou por um episódio parecido.

Fonte: Folha Regional

Qual sua opinião?