Flanelinha é encontrado morto com mãos amarradas e o corpo parcialmente queimado no interior do RN

O flanelinha Antônio Cleodon de Paiva de 39 anos de idade foi encontrado morto, na manhã desta segunda-feira (22), na região da Barrinha dos Néo, zona rural de Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte.

A vítima estava com as mãos amarradas para trás e com o corpo parcialmente carbonizado. A perícia não identificou perfurações de tiros, mas sim pancadas na cabeça, o que se leva a crer que o flanelinha foi morto por espancamento e depois queimado.

Outra evidência mostrada pela perícia, é de que a vítima possivelmente foi morta em outro local e desovada no matagal. Havia sinais de arrastos na área onde o corpo foi encontrado. Além de ter sido amarrado, a vítima também foi amordaçada com uma corda na boca.

Até o momento não há qualquer informação sobre a motivação e autoria do crime. O corpo de Antônio Cleiton que trabalhava como flanelinha no Centro de Mossoró, foi recolhido do local, após a perícia e encaminhado ao ITEP onde será examinado.

Já são 20 homicídios registrados em Mossoró neste ano de 2021. A Delegacia de Homicidios, que esteve com sua equipe no local, acompanhando o trabalho da perícia, vai investigar o caso.

Qual sua opinião?