Caseiro morre eletrocutado em cerca elétrica na Grande Natal

Um caseiro de 65 anos morreu eletrocutado na cerca elétrica de uma casa no distrito de Guajiru, em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal. O caso aconteceu na noite desta segunda-feira (4). A suspeita é de que a instalação elétrica seja irregular.

O imóvel fica em uma travessa da avenida Ruy Pereira dos Santos, a via principal que leva ao Aeroporto de São Gonçalo do Amarante. A vítima foi identificada como Francisco de Assis de Souza, de 65 anos. O homem tinha 28 filhos criados em duas famílias.

De acordo com familiares, a vítima trabalhou cerca de seis meses para o proprietário da residência. Ele foi ao local, nesta segunda (4), para pegar um pagamento de R$ 600, mas não encontrou ninguém no local. O homem havia se mudado.

Um dos filhos afirmou que, ao perceber que o patrão havia ido embora sem pagar a quantia, Francisco resolveu pular o muro para pegar as suas coisas que estavam dentro do imóvel. Na saída, o facão com que andava na cintura bateu na cerca, provocando a descarga.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e enviou ambulâncias ao local, mas o homem já foi achado morto.

O facão foi encontrado ao lado do corpo. A perícia técnica foi acionada e policiais civis da Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal levantaram as primeiras informações sobre o incidente. Técnicos da companhia energética também foram acionados ao local e auxiliaram a polícia.

A corrente que fechava o portão foi aberta com auxílio de ferramentas, para que os investigadores tivessem acesso ao interior do imóvel. Se forem constatadas irregularidades na instalação da cerca elétrica, o morador poderá ser responsabilidade, segundo a polícia.

Preliminarmente, os técnicos da Cosern constataram que a cerca foi energizada direto do medidor de energia, o que é irregular. Também havia um arame amarrado no cadeado do portão.

G1RN