2 Oficiais da Reserva do NPOR são assassinados em 20 dias no RN

Oficiais da Reserva do Exército no Rio Grande do Norte, formados no NPOR do 16º BIMtz – das turmas de 1991 e 1995 – tiveram dois dos seus tenentes assassinados covardemente em apenas duas semanas na Grande Natal: Kleber Nóbrega, na madrugada deste domingo, e Cleverson Fontes, no dia 10 deste mês.

Os oficiais da reserva não remunerada, que desempenhavam papéis na segurança pública como policiais civis, foram executados covardemente pelo único fato de terem sido identificados como agentes do Estado.

Não é possível mais ficar passível e inerte frente ao crescimento do crime e do banditismo no Rio Grande do Norte – que mata, aterroriza e aprisiona pessoas de bem. Quando a Lei e a Ordem são desafiadas, e não há uma resposta efetiva do Estado, abre-se caminho à barbarie.

Cobra-se das autoridades públicas, e em especial da Governadora Fátima Bezerra, comandante das forças policiais do Rio Grande do Norte, uma imediata e rigorosa ação de combate ao crime e aos bandidos.

Os Oficiais da Reserva do Exército no RN estão unidos pela dor e não se omitirão. Estamos atentos e disponíveis para, cada um em sua área de atuação, colaborar de todas as formas e lutar juntos nesse combate. Se estamos numa guerra, que morramos lutando e não sendo caçados como presas fáceis.

BG