João Câmara: Imagens da época dos abalos, 33 anos depois

Foto; Osório Avelino
Foto: Osório Avelino
O circo da cultura sendo hospital – foto: Osório Avelino

Neste sábado, 30 de novembro, completam 33 anos do maior abalo sísmico registrado no município com magnitude de 5.1. Naquele dia, a população viveu momentos de pânico e muito medo, milhares de famílias deixaram a cidade e toda uma vida construída para trás.  A população da cidade ficou reduzida a 10%. E se transformou por alguns meses numa cidade fantasma com casas rachadas e abandonadas.

Depois grande parte da população começou a se adaptar com a realidade e conviver com os tremores que continuam, como ainda continua de vez em quando, sendo registrado, porém de magnitude pequena.

Hoje publicamos algumas das imagens daquela guardadas com muito zelo pelo ex-vereador Ozório Avelino, um arquivo vivo  da nossa história, com um acervo gigantesco de famílias e fatos marcantes da história de Baixa Verde – João Câmara, publicadas no grupo de whatsapp  denominado “Uma volta ao passado BV-JC”.

O primeiro sismógrafo a ser instalado em nossa cidade – foto: Osório Avelino

Qual sua opinião?