Sead disponibiliza caderno com informações sobre RH e despesas de pessoal

A Secretaria de Estado da Administração (Sead) publicou nesta quarta-feira (12) a edição de janeiro de 2020 do Caderno de Gestão de Pessoas, que reúne informações sobre o quadro atual dos recursos humanos do Poder Executivo do Rio Grande do Norte, bem como sobre as despesas com pessoal (entre ativos, aposentados e pensionistas).

O documento, elaborado pela equipe do Observatório de Política de Recursos Humanos, vinculado à Coordenadoria de Gestão de Pessoas (Cogep), está disponível, em formato pdf, no site www.sead.rn.gov.br.

A publicação, que em 2019 era denominada Boletim de Informações da Administração, leva em consideração todas as unidades técnicas da administração direta e indireta, cujo gerenciamento da folha de pagamento e de RH acontece por meio da Sead.

Os dados são extraídos do Sistema de Gestão de Recursos Humanos (Sistema Ergon), gerido pela Coordenadoria da Folha de Pagamento (Copag).

De acordo a secretária da Administração, Virgínia Ferreira, a iniciativa integra o modelo de gestão baseado na cultura da transparência na administração pública, assim como no acesso do cidadão às informações. “Nosso compromisso é com a transparência, com a informação e, consequentemente, com a formação do indivíduo. A divulgação das informações fortalece a relação entre o governo e a sociedade na gestão participativa que estamos construindo no Rio Grande do Norte”, explica.

“O principal objetivo do Caderno de Gestão de Pessoas é apresentar um diagnóstico mensal do quadro de servidores do Governo do Estado, respeitando os princípios constitucionais da administração pública, em especial o que se refere à publicidade das informações governamentais de interesse público”, reforça o subsecretário de Recursos Humanos, Ediran Teixeira.

O documento traz planilhas, gráficos e indicadores que tratam sobre a folha de pagamento do Executivo Estadual, a movimentação de servidores, o quantitativo de pessoas por tipo de vínculo, o fluxo processual, as ações de qualidade de vida e capacitações realizadas pela Escola de Governo. As informações são disponibilizadas em números absolutos, mês a mês, com demonstração da variação percentual sobre o mês anterior, bem como um retrato da evolução da folha no período de doze meses, permitindo aprofundar a análise a respeito dos gastos do Governo com pessoal.

Janeiro de 2020

A edição referente ao mês de janeiro de 2020 releva a distribuição de servidores por tipo de vínculo, que atualmente é de 51.296 ativos, 43.968 aposentados e 10.535 pensionistas, totalizando 105.799 do quadro funcional. Com relação à distribuição na folha de pagamento, cujo valor no período foi de R$ 491.588.168,38, os ativos representam 46% e os inativos (aposentados e pensionistas) correspondem a 54%.

O Caderno de Gestão de Pessoas também mostra a representação dos salários dos servidores ativos no total da folha de pagamento do Poder Executivo Estadual, referente a janeiro deste ano. Segundo a publicação, 44,24% representa os servidores efetivos, enquanto comissionados (0,95%), temporários (0,52%), bolsistas (0,07%) e estagiários (0,06%) não chegam nem a 1%, cada.

Além disso, o documento revela a distribuição do valor da folha de pagamento, por órgão, dos servidores ativos. Também expõe a distribuição dos servidores por faixa salarial e por faixa etária. Outro dado apresentado refere-se à média de remuneração das carreiras das áreas fins, bem como das patentes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

A edição de fevereiro de 2020 tem previsão para ser divulgada até a segunda quinzena do mês de março. 

Qual sua opinião?