RN tem 127 municípios com taxa de transmissão da covid-19 nas zonas de ‘risco’ ou ‘perigo’

João Câmara entre os municípios classificados como ‘zona segura’

O Rio Grande do Norte tem atualmente 127 municípios com a taxa de transmissibilidade da Covid-19 maior que 1,03, o que significa que eles estão em “risco” ou em “zona de perigo”, segundo o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da UFRN.

Os municípios considerados “em risco” são os que têm taxa de transmissão (Rt) entre 1,03 e 2,00. Esse é o caso da capital Natal, por exemplo, que tem Rt de 1,09. Isso significa que um grupo de 100 pessoas pode transmitir a doença para 109 pessoas.

Ao todo, 67 municípios estão nesta situação atualmente. Os dados foram consultados às 13h30 desta quinta-feira (26) no LAIS.

A plataforma de monitoramento aponta ainda que outras 60 cidades do RN estão no que é considerada a “zona de perigo”, com taxa de transmissibilidade acima de 2.

Os municípios com registros mais preocupantes são Taboleiro Grande, Jundiá, Tangará, Barcelona, Januária Cicco (Boa Saúde), Japi, Lagoa de Velhos e Santa Maria – todos com Rt acima de 5. Nesses casos, uma pessoa com Covid-19 pode contaminar outras cinco.

A média da taxa de transmissibilidade recente registrada pelo LAIS considerando todo o Rio Grande do Norte é de 0,69. Na semana passada, essa média era de 0,51, mas no mês passado foi de 0,95. Essa média chegou a atingir 1,61 no mês de maio no estado.

G1/RN