Presidente sindical diz que Governo Fátima intimida e tenta ‘calar servidores’

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Estado do Rio Grande do Norte (SINSP) afirma ter sofrido um “duro golpe político proveniente de órgãos do governo do Estado”.

A presidenta sindical Janeayre Souto foi intimada a prestar depoimento numa delegacia da Polícia Civil do Rio Grande do Norte após denunciar que funcionários de uma escola estadual continuam sendo obrigados a saírem de casa e irem trabalhar mesmo após a Portaria Conjunta n° 01/2021 suspender as atividades presenciais nos órgãos do Estado.

O SINSP diz que tornou pública a denúncia recebida a partir de servidores estaduais insatisfeitos com gestões que não cumprem medidas governamentais e colocam em risco a saúde coletiva.

“Numa clara tentativa de criminalizar o exercício sindical, a presidenta do SINSP foi acionada por um dos órgãos policiais do Estado. Um ataque não só a instituição sindical SINSP, mas a todos os servidores públicos do Estado do Rio Grande do Norte”, diz o sindicato.