Mulheres na PM: governadora participa de homenagem aos 30 anos da turma “Pioneiras Potiguares”

Foto: Elisa Elsie

A Polícia Militar do RN está comemorando 30 anos do ingresso da Primeira Turma de Praças Policiais Militares Femininas. A governadora Fátima Bezerra participou da celebração da missa em homenagem à turma “Pioneiras Potiguares” nesta sexta-feira (04), na Igreja Sant´Ana, na Academia da Polícia Militar.

O grupo ingressou na corporação em 11 de setembro de 1990, quando havia apenas duas oficiais mulheres na corporação, as Coronéis Angélica Azevedo e Tereza Melo. As 57 mulheres foram aprovadas para o Curso de Formação de Soldados e passaram a compor a recém criada Companhia de Polícia Feminina – CPFem. Durante a cerimônia foi apresentada a “Medalha Pioneiras Potiguares” que será concedida em homenagem a estas profissionais da Segurança pelos serviços prestados à instituição e ao povo potiguar.

“Muito antes de usarmos a expressão ‘lugar de mulher é onde ela quiser’, 57 mulheres – que foram consideradas pioneiras na época por terem enfrentado barreiras e preconceitos para seguirem sua vocação – integraram esta primeira turma e são exemplos para nós”, enfatizou a chefe do Executivo estadual.

Passados 30 anos do ingresso na PM, a governadora sancionou a Lei 10.764/20 que institui o dia 11 de setembro como o Dia da Policial Feminina, extensivo às militares, civis e penais.

Atualmente, o efetivo da PM conta com cerca de 200 policiais femininas e 7 mil homens. “Ainda é pequeno este efetivo feminino, por isso o nosso governo atendeu a solicitação da deputada Isolda Dantas e enviou um Projeto de Lei para a Assembleia Legislativa que dá igualdade de direitos tanto para homens quanto para mulheres de ingressarem, por meio de concursos públicos, nos quadros da Polícia Militar”, afirmou a governadora.

Participaram do evento o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Luiz Monteiro da Silva Junior; o subcomandante da PM Coronel Zacarias Mendonça; a delegada geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva; o secretário adjunto da Segurança Pública, delegado Osmir de Oliveira, além de policias militares.