MPRN inicia segunda fase de retomada do trabalho presencial no dia 14

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) inicia sua segunda fase de retomada gradual às atividades presenciais a partir do próximo dia 14 de setembro. A principal mudança é a inclusão de membros e servidores que coabitam com pessoas em grupos de risco. Essa parcela dos integrantes do MPRN estava trabalhando na modalidade de trabalho remoto, mas, de acordo com as orientações do plano de retomada da instituição, retomam agora às rotinas presenciais obedecendo os protocolos de segurança sanitária para a Covid-19. 

A medida leva em consideração que, um mês depois de iniciada a retomada gradual das atividades presenciais, não há notícias de casos confirmados da Covid-19 em razão de transmissão ocorrida no ambiente institucional. Além disso, verifica-se a manutenção da tendência de queda nos indicadores utilizados para avaliar a pandemia no Estado do Rio Grande do Norte.

Outro fator que levou a essa segunda fase é que muitos dos integrantes que coabitam com pessoas em grupo de risco já haviam retomado suas atividades presenciais de maneira voluntária ao longo do último mês. 

O MPRN e a população ganham esse reforço no trabalho presencial, mas a instituição ainda mantém os protocolos de segurança sanitária, como a redução do horário de funcionamento das unidades (segunda a sexta-feira, das 8h às 13h), priorização de atendimento remoto e atendimento presencial apenas nas urgências e, preferencialmente, por meio de agendamento prévio. Além disso, o acesso aos prédios do MPRN em todo Estado permanecem condicionados ao uso obrigatório de máscaras e aferição de temperatura.