Governo promove produtos da agricultura familiar ao mercado de bares e restaurantes

Com o objetivo de fomentar as compras e vendas diretas entre os produtores da agricultura familiar e os bares e restaurantes potiguares, o Governo do Rio Grande do Norte realizou, nesta segunda-feira (05), o evento Proseando: debate e degustação de produtos da agricultura familiar. Idealizada pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), a ação foi executada através de parcerias, sem custos para o Estado, na Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecafes), no bairro de Lagoa Nova.

Desde o início desta gestão, o Governo do Estado tem trabalhado para estruturar o fortalecimento do segmento, que responde pela produção de 70% dos alimentos saudáveis no Brasil e no Rio Grande Norte. Além de realizar compras diretas da agricultura familiar, pelo Programa Estadual de Compras Governamentais da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Pecafes), o governo tem fomentado a agricultura familiar visando a abertura de mercados.

A governadora Fátima Bezerra participou da degustação do cardápio que encerrou o evento – um prato com o tradicional arroz de leite, feito com arroz vermelho, queijo de coalho, nata e enriquecido com camarões, concebido pelo chef Marcelo Labre. “Essa parceria que estamos fazendo com a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) é mais um passo para a realização de um sonho, que é inserir os produtos da agricultura familiar, por seu caráter saudável e sustentável, no mercado e fazer com que eles cheguem às mesas dos nossos bares e restaurantes”, disse Fátima.

A iniciativa foi promovida em parceria com a Secretaria de Estado do Turismo (Setur), a Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Governo Cidadão, Universidade Potiguar (UNP), Abrasel, Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ/UFRN), Sebrae/RN, União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar (Unicafes) e Organização das Cooperativas do Estado do RN (Ocern).

Professor do curso de gastronomia da Universidade Potiguar (UNP), o chef Marcelo Labre ressaltou a importância do caráter do evento e os resultados práticos que serão colhidos. “A gente só vai ter uma gastronomia genuinamente potiguar quando passarmos a utilizar os ingredientes da culinária regional. Quando eles [produtos da agricultura familiar] deixarem de ser coadjuvantes para serem utilizados como prato principal. Para que isso se torne realidade, o que está faltando para a logística do restaurante é exatamente esse elo que está sendo feito aqui”, opinou.

“Agradeço a todos os entes envolvidos, em especial à UnP, que proporcionou essa degustação em que mostra a viabilidade da agricultura familiar. Tenho certeza de que é o início de uma parceria que ainda vai render muito frutos. A abertura de mercado por meio de venda diretas é um sonho antigo dos agricultores, através das cooperativas, que está sendo concretizado no seu governo”, destacou o titular da Sedraf, Alexandre Lima.