Governo e municípios discutem implantação de Consórcios Interfederativos de Saúde no RN até 2022

O Governo do Estado e os municípios potiguares vão trabalhar até o fim do ano para finalizar os processos e implantar os primeiros Consórcios Interfederativos de Saúde do Rio Grande do Norte. O assunto foi pauta da reunião realizada na manhã desta quarta-feira (07) entre a governadora Fátima Bezerra, prefeitos e a equipe técnica da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

O planejamento é que os primeiros Consórcios sejam implementados no Seridó, no Vale do Açu, no Alto Oeste e no Mato Grande, somando esforços entre o Governo e os municípios para ampliar o acesso à saúde para a população dessas regiões.

A governadora Fátima Bezerra ressaltou a importância da união entre todos para fazer a ação sair do papel. “Consórcio significa parceria, sinergia, significa darmos as mãos com o objetivo de cumprir nosso papel, que é garantir a melhor assistência à saúde para a população. Estou aqui para cuidar da vida do povo do Rio Grande do Norte”, afirmou ela.

Os consórcios implementarão, em especial, serviços de urgência e emergência hospitalar, unidades de pronto atendimento, centros de especialidades odontológicas e atendimento de urgência cardiológica e ortopédica, entre outros serviços relacionados à saúde.

“Temos uma experiência com consórcios pelo país.  O que nos inspirou foi a experiência do Ceará, desde 2007 quando instituiu as policlinicas e se consolidou como uma experiência exitosa. A proposta aprimora e amplia a oferta de atenção à saúde para a população, fortalecendo a regionalização, com serviços para toda a população”, disse o secretário de saúde do estado Cipriano Maia.

O prefeito de Assu, Gustavo Soares destacou que percebe a implantação dos consórcios como o grande feito da governadora Fátima Bezerra. “Quando se tem a união de todos os políticos tem solução. Nosso estado está passando pelo melhor momento para solução de um futuro melhor. Temos hoje as ferramentas de estarmos unidos para caminhar de maneira mais justa. Sou médico e funcionário público, estou como prefeito e sei bem de perto como a saúde se transformou. Hoje a cidade do Assu tem estrutura física para fazer cirurgias, as pessoas não precisam mais deslocar para serem atendidos. O Governo do Estado está presente em casa município de forma muito forte. Que possamos nos unir como foi na pandemia e continuar a parceria com os consórcios”, afirmou ele

A presidente do Conselho Estadual de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems-RN), Maria Eliza Garcia, em sua apresentação reafirmou a importância da implantacao do consórcio. “Teremos a saúde antes e depois do consórcio. Acredito que o consórcio é um caminho para suprir as lacunas que temos hoje na saúde de todos os municípios”, refletiu ela, reforçando que
a partir do consórcio a saúde terá a gestão compartilhada e quem vai ganhar é cada cidadão do Rio Grande do Norte

Representando a equipe técnica da Sesap estiveram presentes a secretária-adjunta Maura Sobreira e a subsecretária de planejamento e gestão Lyane Ramalho. Também participaram as presidentes dos conselhos estaduais de Secretarias Municipais de Saúde do RN (Cosems-RN), Maria Eliza Garcia, e de Saúde do RN, Aldenisia Albuquerque. Os pesquisadores Vinícius Claudino de Sá (UERN) e André Bonifácio (UFPB/Fiocruz) acompanharam o encontro, junto a gerentes regionais de saúde e secretários municipais.