Governo do RN discute parcerias em projetos sociais com representantes do MST

A governadora Fátima Bezerra discutiu, nesta segunda-feira, 1º de fevereiro, sobre parcerias em projetos sociais com representantes das diretorias nacional e estadual do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A pauta incluiu a vinda do Armazém do Campo para o RN e a cessão do Centro Educacional Patativa do Assaré, no município de Ceará-Mirim, para o MST.

Sobre o Centro Educacional, a chefe do Executivo explicou às direções do MST que o pedido de cessão já foi protocolado, mas permanece travado por questões técnicas, e afirmou que a educação é uma das prioridades do Governo. ”É preciso dialogarmos com a prefeitura, falar sobre o investimento que o Governo fará para que o município entre na luta pela cessão”, disse. 

O investimento citado pela governadora diz respeito à aplicação de mais de R$ 250 milhões na educação potiguar, visando a ampliação da rede de ensino profissionalizante e o enfrentamento ao analfabetismo (passando pelo iniciativa do MST “Sim Eu Posso”).  Ainda dentro da proposta de investir na educação técnica qualificada, Fátima Bezerra propôs a transformação do Centro Educacional Patativa do Assaré em um Centro de Formação Profissional. 

Secretário estadual da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC), Getúlio Marques lembrou que a busca da cessão do terreno, pertencente à União, do Patativa do Assaré não é uma pauta nova. “Já tivemos diversas reuniões sobre assunto. Estávamos com quase tudo certo, mas a mudança de gestão municipal trouxe empecilhos que impossibilitaram o avanço neste processo”, afirmou. 

“Vamos nos comprometer e nos empenhar em resolver essa questão. A escola produz conhecimento em benefício de todos. E esta é uma mais acertada do governo: abraçar e acolher”, acrescentou o vice-governador, Antenor Roberto.