Governo do Estado lança programa Gente do Campo

Nesta segunda-feira, 5 de outubro, na Escola de Governo, foi realizado um evento em homenagem aos 65 anos da Emater-RN. A governadora Fátima Bezerra, o secretário de Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar, Alexandre Lima, e o diretor-geral da Emater-RN, Cesar Oliveira, entregaram equipamentos aos escritórios da instituição: 22 carros, 22 notebooks, 135 computadores e 80 impressoras. 

O investimento foi de R$ 1,745 milhões, feito em parceria com o Ministério da Agricultura. “São ações voltadas para o fortalecimento institucional da Emater”, afirmou o diretor-geral, Cesar Oliveira.

Além das entregas dos equipamentos, durante a solenidade foi feito o lançamento do Programa “Gente do Campo”, uma parceria da Emater-RN com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (SEDRAF) e a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN).

O “Gente do Campo” é um programa de acesso à educação superior e à pós-graduação, direcionada às áreas de ciências agrárias e humanas, com foco no desenvolvimento rural e na agricultura familiar.

O público participante do programa será prioritariamente jovens e adultos, com escolarização de nível técnico ou superior, que façam parte de famílias de populações do campo, como agricultores familiares, extrativistas, pescadores artesanais, assentados e acampados da reforma agrária, assim como trabalhadores assalariados rurais, quilombolas, indígenas e outros que produzam suas condições de existência a partir do trabalho, integral ou parcial, no meio rural. O programa também se destina aos servidores efetivos da Emater-RN.

Entre os objetivos do programa, o aumento ao acesso à educação pública, gratuita e de qualidade, aos jovens e adultos integrantes das famílias rurais e contribuir com a valorização dos titulares de cargos públicos de provimento efetivo da Emater-RN, por meio do estímulo ao aperfeiçoamento profissional e o desenvolvimento de qualidades técnico-profissionais e gerenciais.

Serão oferecidos cursos de graduação com duração máxima de quatro anos, e de pós-graduação, com, no máximo, dois anos de duração.