Feira do Milho é iniciada em Natal com ‘mão de milho’ a R$ 30

Teve início nesta terça- feira (1º), a tradicional Feira do Milho, que é realizada, todos os anos, no pátio da Central de Comercialização da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Cecafes) durante o mês junho. A Feira segue até o dia 1º de julho, de domingo a domingo, das 6h às 22h. 

Pelo segundo ano consecutivo, em virtude da pandemia da covid- 19, a Feira terá um número reduzido de agricultores comercializando milho verde. O valor da “mão de milho”, que é o equivalente a 50 unidades do produto, está custando R$30 reais. “Estamos com 15 barracas comercializando o produto. Tivemos, assim como o ano passado, a preocupação em reduzir o número de comerciantes em virtude da propagação do coronavírus”, disse Fátima Torres, gestora da Central. Ainda de acordo com ela, está sendo disponibilizado álcool em gel 70% em todas as barracas, sendo respeitado o distanciamento social e sendo controlado o acesso das pessoas à feira.

“Mesmo num momento tão delicado que estamos vivenciando, os nossos agricultores e agricultoras estão muito entusiasmados com as vendas. A meta para 2021 é vender mais de dois milhões de espigas, superando o ano de 2020”, afirmou o titular da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), Alexandre Lima. A Cecafes é um equipamento público e  faz parte da estrutura organizacional da Sedraf, sendo sua gestão operativa realizada pela Cooperativa Central da Agricultura Familiar do RN (Cooafarn).

Além da forma de compra presencial, a  Cecafes está trabalhando também com o serviço de entrega. Ao acessar o site da Central (cecafes.shopping.marketup.com), estão disponíveis, além do milho verde, outros produtos produzidos por agricultores familiares do Estado, como frutas, verduras, hortaliças, queijos etc.

Portal da Tropical