Fátima Bezerra retorna de missão internacional e reassume o Governo do RN

Governadora Fátima reassume governo após missão internacional

Após 18 dias em missões internacionais, a fim de prospectar novos investimentos para o Rio Grande do Norte, a governadora Fátima Bezerra retornou da China na noite desta segunda-feira (02). Ela desembarcou no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, onde foi realizada a assinatura do termo de transmissão de cargo.

Ao assinar o documento, a governadora frisou a confiança em seu vice, Antenor Roberto: “Sou grata a Antenor por toda dedicação empreendida na condução do Estado, ele tem sido um parceiro e governado ao meu lado”, disse.

“A governadora Fátima retorna de uma viagem vitoriosa, com muitas perspectivas de ampliação de negócios para o Rio Grande do Norte, após quase 20 dias intensos de atividades. Em acordo com nosso alinhamento político e unidade, procuramos cumprir de forma fiel, como ela faria”, destacou o vice-governador Antenor Roberto.

Fátima, na ocasião, destacou as prospecções de melhorias em diversos setores, a exemplo o turismo. “É com alegria que retorno ao RN, após uma longa e exaustiva jornada, mas com o sentimento de dever cumprido. Uma das excelentes notícias para nosso Estado é a política de expansão da empresa TAP, que deixou clara a expectativa de que em janeiro tenhamos voos diários de Lisboa-Natal”, enfatizou a governadora.

Durante sua visita à China, a governadora assinou dois protocolos de intenções com empresas chinesas do setor de energias renováveis (eólica, solar é gás), a China General Nuclear e Power Corporation (CGN) e a State Power Investment Corporation (SPIC). A CGN está no Brasil há 10 anos, inclusive com projetos no RN, no mercado solar e eólico. Já a SPIC está estudando a instalação de um parque solar no Brasil, com uma potência de 500 megawatts.

A instalação de uma fábrica de produção de peças e montagem de turbinas eólicas no estado também foi pauta de discussão entre a governadora e dirigentes de cinco empresas chinesas. “Esta agenda na China foi de extrema relevância, fomos recebidos com honras de chefes de Estado, a única representação do Brasil no Seminário de Comunicação e Cooperação Financeira. Além disso, fizemos contatos importantes com empresários chineses que querem investir no Brasil”, destacou Fátima.

Fátima esteve na China, à convite do governo chinês, acompanhada do Secretário de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Jaime Calado, participando do Seminário de Comunicação e Cooperação Financeira Internacional da iniciativa “Um Cinturão, Uma Rota”, realizado no período de 26/11 a 4/12/2019, nas cidades de Pequim e Lisboa, respectivamente.

Antes, durante o período de 18 a 22 de novembro, a chefe do Executivo estadual cumpriu agenda na missão internacional dos governadores do Nordeste na Europa, que passou por Paris, Roma e Berlim. A missão teve como objetivo explicar o funcionamento do Consórcio Nordeste e apresentar o potencial de consumo e de desenvolvimento da região que reúne 57,1 milhões de habitantes e tem um
Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 898,1 bilhões, equivalente a 14% do PIB brasileiro.

Qual sua opinião?