Emater/RN: Diretor-geral conhece sistema de produção de algodão orgânico do estado da PB

O diretor-geral do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater/RN), Cesar José de Oliveira, conheceu esta semana o sistema de produção de algodão orgânico branco e colorido, de base familiar, adotado pela PB.

Os primeiros contatos para conhecer a metodologia de cultivo e o sistema de comercialização foram acompanhados pela equipe técnica da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), vinculada à Secretaria Estadual do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca.

Além de se reunir com o diretor de Assistência Técnica de Extensão Rural da Empaer, Jefferson Morais, e com o gerente de Planejamento e Operações, Cristiano Campello, o diretor geral da Emater/RN, Cesar Oliveira visitou duas comunidades rurais onde vem sendo cultivado o algodão.

A metodologia de produção do algodão orgânico está sendo implantada, inclusive, em países latino-americanos, através da FAO, Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, salienta informação da assessoria de imprensa da autarquia.

Segundo Cesar Oliveira, em outra etapa haverá visitas às experiências coordenadas pelo Instituto Nacional do Semiárido (Insa) e pelo Território da Borborema Potiguar.