Defesa Civil vistoria e monitora lagoas de captação de águas pluviais de Natal

Vistoria da Defesa Civil | Foto: Divulgação

A Defesa Civil Municipal iniciou, na tarde dessa quinta-feira (25), uma vistoria preventiva nas principais lagoas de captação de águas pluviais de Natal. Segundo Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), a medida tem o objetivo de identificar possíveis problemas que devem ser resolvidos para que essas lagoas funcionem bem e possam evitar maiores transtornos nesse período chuvoso.

Os agentes de Defesa Civil analisam toda a estrutura física das lagoas, principalmente o nível de água, estado das bombas de sucção, necessidade de limpeza e outros pontos importantes para o pleno funcionamento do equipamento em meio às chuvas.

“Nossa missão é agir preventivamente sanando ou diminuindo a ocorrência de possíveis problemas. Muitas vezes a identificação de uma bomba de sucção desligada é primordial para evitar o transbordamento da lagoa que atingiria residências próximas”, comentou a secretária da Semdes, Sheila Freitas.

As vistorias dessa quinta (25) foram focadas nas maiores lagoas de captação e que oferecem maiores riscos de transbordamento. Foram oito lagoas vistoriadas abrangendo as quatro regiões administrativas da capital. Com destaque para as lagoas de Pirangi 1 e 2, Lagoa do Makro, Lagoa do Alagamar, Lagoa de Santarém, Lagoa de Jardim Progresso, Lagoa do Panatis e Lagoa da Cidade da Esperança. Dentre as lagoas vistoriadas apenas a do Santarém se encontrava com nível de água considerado alto, mas sem registro de transbordamento.

Mesmo com as chuvas registradas desde ontem, até o momento a Defesa Civil Municipal não registrou ocorrências de maior vulto, sendo identificada uma parte de marquise que desabou no cruzamento da Rua Gonçalves Ledo com a João Pessoa, no Centro da Cidade, e uma pequena cratera que abriu devido ao rompimento de uma tubulação da Caern na Rua Manoel Rodrigues, Vila de Ponta Negra.

A Defesa Civil Municipal continua alerta e para solicitar sua intervenção o cidadão pode ligar para o número 190, no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), onde há agentes para direcionar a ocorrência para as equipes de plantão. A Defesa Civil atua com foco em ações preventivas, de socorro e de assistência em casos de desastres naturais com intuito de evitar ou minimizar danos à população.

Portal da Tropical