UFRN solicita reserva de R$ 11 milhões à Bancada Federal do RN

A bancada federal do Rio Grande do Norte reuniu entidades e governantes estaduais nesta sexta-feira, 19, no Centro de Convenções de Natal, onde foi discutida a destinação de emendas para 2021. O evento contou com a participação do reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz Melo, que apresentou as principais demandas para investimentos na instituição.

O gestor solicitou a reserva de R$ 11 milhões, que serão destinados à conclusão de obras e aquisição de equipamentos, além da manutenção dos 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) direcionados ao atendimento de pacientes com Covid-19 no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL).

O diretor do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), José Ivonildo Rêgo, também participou da reunião para apresentar o projeto Infovia Potiguar, que está em fase final de implantação nas cidades de Mossoró, Caicó, Currais Novos, Santa Cruz, Açu, Ipanguaçu, Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante, João Câmara e Pau dos Ferros.

O projeto da segunda etapa da rede de telecomunicações, que engloba outros municípios, custa R$ 28 milhões. Ainda há uma terceira etapa planejada, a qual prevê a cobertura de todo o Rio Grande do Norte. “Todos nós sabemos a importância da coletividade da internet, tão essencial quanto as rodovias e outras logísticas necessárias ao desenvolvimento do Estado”, destacou.

Os parlamentares federais ainda receberam as demandas dos representantes de outras Instituições de Ensino Superior (IES) e de gestores municipais e estaduais. No total, estão disponíveis R$ 241 milhões para execução em 2021, por meio das emendas coletivas para o ano.