UFRN aprova renovação do auxílio de inclusão digital

O Conselho de Administração (Consad) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) aprovou nesta quinta-feira, 8 de outubro, a renovação da concessão do Auxílio de Inclusão Digital a estudantes matriculados no período 2020.6 (retomada do 2020.1) e já selecionados em edital. A decisão tomada visa assegurar o acesso à internet para os estudantes em vulnerabilidade socioeconômica.

O relator da proposta e pró-reitor de Assuntos Estudantis (Proae), Edmilson Lopes, explicou que a medida é necessária para evitar prejuízos no acompanhamento das aulas remotas pelos estudantes em vulnerabilidade socioeconômica, visto que o Projeto Alunos Conectados, do Ministério da Educação (MEC) e da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), poderá ocorrer fora do tempo previsto.

O Auxílio de Inclusão Digital foi aprovado com o objetivo de contribuir para que os estudantes matriculados no período letivo 2020.1 (2020.6) pudessem adquirir pacotes de dados e acessar à internet para participar das atividades acadêmicas desenvolvidas na modalidade remota. Em edital, os critérios para o recebimento do benefício foram:  ser aluno em situação de vulnerabilidade social e identificado como prioritário para o atendimento da assistência estudantil no Cadastro Único da instituição, além de estar matriculado em componentes disciplinares no período 2020.6. A resolução será publicada em breve no Boletim de Serviço, que pode ser acessado pelo Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos (Sipac).