Governo Fátima atrasa 1/3 de férias dos servidores da Educação

O governo Fátima Bezerra e a secretaria de Educação do Estado estão desrespeitando os direitos dos servidores de uma forma nunca antes vista. A novidade é o atraso do 1/3 de férias para os servidores lotados na SEEC, DIREDS, unidades escolares e regionais de alimentação. É a primeira vez que o 1/3 de férias sofre com atraso. Nem Rosalba ou Robinson Farias deixaram de pagar em janeiro o direito dos servidores da educação.

O Estado tem a prática histórica de pagar o direito no primeiro mês do ano, independente de quando o funcionário irá gozar de suas férias.

Diferente do que Fátima Bezerra falou com orgulho na leitura anual, na manhã desta terça-feira (02) na Assembleia Legislativa, o governo está com salários dos servidores atrasados sim, e o 1/3 de férias é um exemplo.

No dia 15/01, a SEAD havia informado ao SINSP que o pagamento aconteceria no dia 30/01, numa folha suplementar, mas para a surpresa de todos, mesmo o governo tendo recursos próprios, decidiu atrasar pela primeira vez o direito dos servidores da educação.

Secretário de Educação afirma que faltou R$ 20 milhões

Ao SINSP o secretário Getúlio Marques confirmou que faltou recursos para pagamento. Também disse que poderá resolver o problema até a próxima quarta-feira.

Em janeiro, em contato com as secretarias de Educação e de Administração, o SINSP confirmou o pagamento par ao mês de janeiro, como é costume no Estado, mas Getúlio Marques afirmou que a falta de cerca de R$ 20 milhões fez o depósito não ser realizado a tempo.

Fonte: SINSP RN