Vale do Açu e Seridó voltam a registrar queda de contaminação pela Covid-19

As regiões do Vale do Açu e do Seridó Potiguar voltaram a registrar tendência de queda no registro de contaminação pelo novo coronavírus. As duas regiões do Rio Grande do Norte eram as únicas que estavam fora da curva descendente do estado em novos casos de óbitos causados pela Covid-19.

Os dados foram detalhados em coletiva de imprensa realizada pelo Governo do Estado e pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) nesta terça-feira (25). Segundo a subcoordenadora de vigilância epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi, a situação no Seridó e no Vale do Açu segue sendo acompanhada de perto.

“Permanecemos observando a situação não só nessas regiões, mas em todo o estado. As semanas recentes apontam uma tendência de queda, que só poderá ser confirmada nos próximos 15 dias. De toda forma, ainda é preciso manter a vigilância em todo o estado”, explicou Lucchesi.

Para que a curva epidemiológica nestas regiões e em todo o estado permaneça em queda, a subcoordenadora pontuou a necessidade do cumprimento das medidas de segurança sanitária, principalmente neste momento de aumento da circulação de pessoas. “A nossa preocupação é permanente, mesmo agora com todas as regiões em queda. Para que curva não sofra alteração mantemos o trabalho conjunto entre as secretarias de Governo e seguimos à disposição dos municípios”, completou ela.

Entre as medidas coordenadas pela Sesap para manter a epidemia sob constante vigilância está a ampliação da testagem, tanto com a política de aumento no público-alvo dos exames RT-PCR, voltado para quem está até no 7° dia de sintomas, e na aquisição de 150 mil testes sorológicos, com foco em categorias de trabalhadores com maior risco de exposição ao novo coronavírus, que serão feitos nos próximos três meses.