RN tem 32,95% de ocupação em leitos de UTI destinados ao tratamento de Covid-19

A taxa de ocupação de leitos críticos para pacientes acometidos pela Covid-19 no Rio Grande do Norte está em 32,95%. É o que aponta o Regula RN, sistema da Secretaria Estadual de Saúde que monitora a situação de entradas e saídas de pacientes das unidades hospitalares potiguares.

Em relação aos leitos críticos, 85 deles estavam ocupados nesta manhã, o que corresponde a 32,95% do total. Outros 10 leitos estavam bloqueados, o que corresponde a 3,88%. Já em relação aos leitos clínicos, para casos menos graves, 84 estavam ocupados (26,17%) e 43 bloqueados (13,4%).

Ao todo, o Rio Grande do Norte dispõe de 258 leitos críticos voltados ao atendimento de pacientes com o Covid-19, além de outros 321 leitos clínicos também voltados a pessoas infectadas pelo coronavírus.

De acordo com os dados, a ocupação na região metropolitana de Natal, é de 29,2%, com 40% no Seridó e 40,8% no Oeste. A unidade médica com maior taxa de ocupação é o Hospital Municipal Manoel Lucas de Miranda, em Guamaré, com 100% dos leitos clínicos já alocados a algum paciente em estado grave. Na contramão, o Hospital Regional Alfredo Mesquita Filho, em Macaíba é o que, proporcionalmente, conta com menor ocupação, com 10% dos leitos críticos já ocupados.

Tribuna do Norte