Remédio contra Covid, o Remdesivir chegou a ser vendido no Brasil por R$ 200 mil

O remédio contra Covid Remdesivir, aprovado pela Anvisa, vem sendo vendido no “mercado negro” brasileiro desde o ano passado.

Com o marido na UTI do hospital Moinhos de Vento, uma cardiologista soube de recém-chegado dos Estados Unidos vendendo uma caixa de Remdesivir. Ele enfiou a faca: R$200 mil. O remédio é eficaz, mas precisa ser tomado até o 10º dia da doença, por isso a médica se submeteu à exploração: não havia tempo a perder. Precisou vender até o carro, mas salvou o marido. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Importadores “informais” de São Paulo, exploravam menos: têm cobrado em média US$5 mil (cerca de R$28 mil) pelo medicamento americano. Ainda não se sabe quanto o Remdesivir custará nas farmácias do Brasil, mas será muito caro. Nos EUA, cobram quase R$18 mil a caixa.

No início de 2020, a farmacêutica Gilead Sciences sugeriu o preço US$3,2 mil por caixa de Remdesivir, mas custa mais caro. A farmacêutica Gilead Sciences é fabricante de remédios contra HIV, hepatite C e, agora, a covid-19, com o Remdesivir. Todos muito caros.
4

Diário do Poder