O projeto “Renda Alimentar com Sabores do Mar” é contemplado em edital nacional

Os municípios potiguares contemplados foram Macau, Guamaré e Galinhos

O Rio Grande do Norte foi contemplado pelo edital do Fundo Casa Socioambiental, por meio do projeto “Renda Alimentar com Sabores do Mar”, da Associação Comunitária de Comunicação e Cultura Ponta do Tubarão (ACCCPT). O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema é parceiro e apoia o desenvolvimento do projeto.

O edital faz parte da I Convocatória de Projetos 2021 – Apoio a Grupos de Base no Enfrentamento da Covid-19, que integra o Programa Fortalecendo Comunidades. Em Macau, o projeto será desenvolvido na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Estadual (RDS) – Ponta do Tubarão e nas comunidades de Barreiras, Diogo Lopes e Sert

De acordo com o gestor da RDS – Ponta de Tubarão e coordenador do projeto, Ramiro Camacho, o Idema é quem gerencia a Reserva, localizada nos municípios de Macau e Guamaré, onde será implantada a iniciativa vencedora do certame nacional. “Levar direitos e conquistar cidadania é um desafio enorme para essa classe social de pescadores e pescadoras invisibilizados. Vamos somar nossos conhecimentos em prol das comunidades. Também vamos nos unir para tentar outros editais, fortalecendo a gestão compartilhada entre os órgãos governamentais, Conselho Gestor e a sociedade civil para desenvolvimento econômico de forma sustentável para todos os potiguares”, afirmou Ramiro Camacho.

O projeto Renda Alimentar com Sabores do Mar tem como objetivo fortalecer as iniciativas de ações socioambientais nos grupos de pescadoras/marisqueiras, pautadas na soberania alimentar e nas tradições culturais na produção de alimentos para o incremento da renda familiar. Também visa, com suas ações, proporcionar o resgate de valores tradicionais, a construção de novos valores socioambientais, a formação de agentes transformadores para as futuras gerações e capacitação para o trabalho sustentável dentro das possibilidades existentes nas localidades. Além disso, busca promover a autoestima das mulheres pescadoras/marisqueiras e jovens proporcionando o fortalecimento dos vínculos familiares.

Fundo Casa Socioambiental
É uma organização que promove a democracia, o respeito aos direitos socioambientais, a conservação e a sustentabilidade ambiental e a justiça social, por meio do apoio financeiro e do fortalecimento de capacidades de iniciativas da sociedade civil na América do Sul.

Reserva de Desenvolvimento Sustentável Estadual (RDS) Ponta do Tubarão
Foi criada através da Lei Estadual n° 8.349 de 18 de julho de 2003, nos municípios de Macau e Guamaré, litoral setentrional do RN. Com quase 13 mil hectares de extensão, a RDS Ponta do Tubarão tem como objetivos resguardar o modo de vida tradicional, assegurar atividades baseadas em sistema sustentável de exploração de recursos naturais, estas desenvolvidas tradicionalmente ao longo de gerações e adaptadas às condições ecológicas locais e que desempenham papel fundamental na proteção da natureza e na manutenção da diversidade biológica.