Mesmo com medo da Covid-19, idosos vão às urnas no RN

Mesmo com medo do contágio pelo coronavírus, muitos idosos decidiram exercer o poder do voto e têm comparecido às seções eleitorais neste domingo no Rio Grande do Norte.

A preferência da maioria foi votar pelo turno da manhã, entre 7h e 10h, como foi recomendado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para esse grupo, que é de risco da Covid-19. Esse horário – com a antecipação de uma hora – é prioritário para os idosos.

A idosa Francisca Batista Dantas, de 65 anos, é um desses exemplos. Ela, que vota no Colégio das Irmãs, em Mossoró, disse que chegou a ter medo, mas garantiu que tudo foi bem organizado.

“Enquanto eu puder votar, eu venho. Tive medo na hora que cheguei porque a fila estava um pouco grande, mas eu trouxe álcool, estou de máscara e está tudo muito organizado”, disse.

A idosa Madalena Saldanha, de 78 anos, que vota em Mossoró, também relatou medo de ir à urna, mas se disse convencida pelo marido. “Eu nem queria vir, mas meu esposo insistiu e eu também acho importante esse processo. É importante escolher os nossos representantes”, disse.

Em Natal, o casal Manoel Lopes Silva, de 77 anos, Severina Maria Lopes, de 66, também levantou cedo para ir às urnas.

“Desde 3 horas da manhã, nós estamos acordados. Perdi o sono, não dormi mais, aí me levantei logo pra não perder a hora. A gente mora aqui na Avenida Boa Sorte, aí demorou muito a passar ônibus. Mas, graças a Deus, conseguimos chegar aqui. Eu acho muito importante votar”, disse Severina, que vota no bairro Nossa Senhora da Apresentação, na Zona Norte da capital.

G1 RN