Médica do comitê científico do RN diz que mais de 90% dos internados em UTIs no estado usaram remédio “sem eficácia comprovada” contra Covid-19

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

A médica infectologista Marise Reis, membro do comitê científico do estado, criticou o uso de medicamentos como a ivermectina como medida de prevenção à doença. Em entrevista a Bom Dia RN nesta terça-feira(23), disse que mais de 90% dos pacientes internados nas UTIs com Covid-19 no Rio Grande do Norte tomaram remédios “sem eficácia comprovada” contra a Covid-19, assim classificou.

Marise Reis Ela também criticou o incentivo ao uso da ivermectina para proteger contra o novo coronavírus. “Essa defesa nesse momento é um acinte. É um acinte ao conhecimento médico, ao conhecimento científico. É inaceitável”, declarou Marise.

“Não adianta a população, as pessoas, se esconderem por trás de um comprimido de ivermectina, achando que ele vai te proteger. Não vai. A literatura já é clara em relação a isso. Não há evidências de que esse medicamento protege contra a Covid. Então, o apelo que nós fazemos é: não tome remédio e saia por aí achando que você não vai adoecer”.

Blog do BG

Qual sua opinião?