Juiz decide em favor de candidatos a vereador em Mossoró ‘enxotados’ pelo senador Styvenson

A cruzada dos candidatos a vereador do Podemos em Mossoró, para participarem das Eleições 2020, continua. E mais um capítulo foi escrito hoje (domingo, 4).

O juiz titular da 34ª Zona Eleitoral, Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros, concedeu liminar para suspender os efeitos da dissolução da comissão provisória da agremiação partidária.

A celeuma teve início quando o presidente do partido no Rio Grande do Norte, o senador Styvenson Valentim, decidiu pela retirada da candidatura a prefeito de Bianca Negreiros (veja AQUI), e, posteriormente, sequer requereu o registro das candidaturas dos pretendentes à vereança.

Não satisfeito, o senador Styvenson dissolveu o diretório do partido na cidade, deixando os candidatos na berlinda.

Porém, o juiz Vagnos Kelly, após a análise de provas documentais, entendeu que “a dissolução da Comissão Executiva Provisória não parece ter seguido o procedimento que consta do próprio estatuto do partido”.

Segundo informações colhidas junto à defesa dos candidatos a vereador, outra ação foi ajuizada com o objetivo de que estes tenham acesso ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha.

Por Emerson Linhares (Rádio Difusora de Mossoró) para o blog do jornalista Carlos Santos