Índice de satisfação do servidor da Assembleia Legislativa aproxima-se dos 90%

Foi apresentado na manhã desta terça-feira (10) o relatório da pesquisa de clima organizacional da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, via videoconferência, que teve como média para resultado geral 86,2% de satisfação na pesquisa aplicada em todos os setores do Legislativo Potiguar. Para o presidente da Casa Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), o levantamento oferece diagnóstico, análises e sugestões; aumento de produtividade e adoção de políticas internas num ambiente plenamente favorável e com engajamento dos servidores.

“Que possamos tirar o melhor proveito desta ferramenta objetiva, segura e imparcial que busca a resolutividade de conflitos reais na gestão de recursos humanos. Aproveito para parabenizar os servidores do Núcleo de Treinamento, Capacitação e Avaliação de Desempenho pelo trabalho desenvolvido”, disse Ezequiel.

Durante a videoconferência o diretor-geral, Augusto Carlos Viveiros e a diretora administrativa financeira, Dulcinea Brandão, seguiram o pensamento do presidente Ezequiel. Augusto Carlos Viveiros ressaltou o processo de entendimento de cada servidor do legislativo e o entendimento dele no contexto maior. E, Dulcinea Brandão renovou a importância do Planejamento Estratégico iniciado em 2015, numa primeira etapa que teve 85% executado, a segunda etapa no início de 2019 e a terceira etapa, em andamento, que planeja o Legislativo Potiguar até 2023.

Segundo Thyago Cortez, coordenador de Gestão de Pessoas (COGEP), a realização da pesquisa de clima organizacional é uma tendência e vem evoluindo bastante, com o diagnóstico da pesquisa. Thyago Cortez, disse que vai ser possível estabelecer ações para uma melhor comunicação com os colaboradores, entender como eles enxergam a Assembleia Legislativa e seus propósitos.

O levantamento foi realizado no segundo semestre de 2019 ouvindo 482 servidores da área administrativa com o objetivo de ouvir a opinião de cada um em diversas dimensões. O trabalho teve o seguinte levantamento final. A seguir a média de satisfação do servidor por dimensão: Desenvolvimento Profissional 82,1%, Comunicação no Ambiente de Trabalho 84,9%, Relacionamento Interpessoal 90,3%, Condições de Trabalho 84,3%, Identidade e Imagem Institucional 89,1%, Gestão e Planejamento do Trabalho 82,9%, Liderança 86,4% e Compromisso com o Trabalho 89,5%.

O trabalho foi desempenhado pelos servidores da COGEP tendo à frente Raphaele Brites, chefe do Núcleo; Ana Claudia Barros de Melo, técnica legislativa; Bárbara da Rocha, assistente; Daniel Araújo, assistente e Luiz da Silva, assessor.