Governo inicia consultas públicas para atualização do Plano de Recursos Hídricos do RN

O Governo do RN, por meio da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), iniciou ontem (14), a segunda rodada de consultas públicas para a conclusão da atualização do Plano Estadual de Recursos Hídricos (PERH). Na parte da manhã, o evento discutiu a minuta do documento com a sociedade civil e instituições com atuação em áreas relevantes da região do Seridó e na parte da tarde com a região do Baixo Açu e Mato Grande. 

Ao abrir os evento desta quarta, o secretário de Estado do meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti, ressaltou a importância de um Plano de Recursos Hídricos para o Estado: “O PERH é um instrumento de gestão, efetivamente capaz de delinear as ações da nossa política, permitindo garantir o uso dos recursos hídricos, sustentando a qualidade, disponibilidade, conservação e aproveitamento de forma racional”.

As seis consultas públicas foram divididas com base na regionalização proposta, que levou em consideração características semelhantes tanto dos recursos hídricos superficiais e subterrâneos como das demandas e potencialidades.

Os representantes do consórcio contratado para executar o trabalho, formado pela Hidroconsult e Engecorps Engenharia, apresentaram o que já foi mapeado em relação à disponibilidade e demanda, bem como as primeiras propostas de intervenções de obras hídricas a curto, médio e longo prazo. 

“É importante que a sociedade participe dessa última etapa das discussões, pois ainda dá tempo para contribuir apresentando experiências e peculiaridades da sua região, caso não tenha sido ainda contemplado no documento, atualmente em fase de conclusão pela Semarh”, frisa Carlos Nobre, secretário adjunto. 

Pela região do Seridó participaram representantes da prefeitura de Jucurutu, Caicó, São José do Seridó, Florânea, Jardim do Seridó, Currais Novo, Tenente Laurentino Cruz, Santana do Serido, Timbaúba dos Batistas e Lagoa Nova e Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piranhas-Açu. Também estavam presentes representantes da Agência Nacional de Águas, Mandato Dep. Estadual Francisco do PT. Pelo Mato Grande e Vale do Açu, participaram gestores de João Câmara, Jandaíra, Assu, São Bento do norte, Jandaíra, Lajes e AMCEVALE/Consórcio do Vale. 

Os eventos prosseguem na próxima sexta-feira (16) com discussão do documento com a sociedade do Trairi, às 9H, e Leste Potiguar, às 14 H, e finalizam na segunda-feira (19), com a região do Alto Oeste e Chapada do Apodi.