Deputado Ubaldo Fernandes propõe Programa de Acolhimento aos familiares das vítimas do COVID-19

A pandemia do coronavírus dá sinais de controle no Rio Grande do Norte, mas os efeitos desta crise humanitária tem forte impacto, especialmente, entre as vítimas e familiares que perderam entes por causa da doença. Um projeto de lei do deputado Ubaldo Fernandes (PL) tramita pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) e pretende criar o Programa de Humanização e Acolhimento aos Familiares das Vítimas do COVID-1

“Nosso objetivo é contemplar as políticas públicas de apoio e acolhimento aos familiares daqueles que perderam a vida em decorrência do coronavírus, garantindo assistência psicológica decorrente do luto”, explica o parlamentar. “Se esta matéria for aprovada, o Poder Público terá mecanismos para promover assistência psicológica aos familiares das vítimas que enfrentam a adversidade do luto de seu ente, combatendo, assim, eventuais transtornos de cunho psicológico e psiquiátrico”, diz Ubaldo Fernandes.

No Estado do Rio Grande do Norte, o número de infectados confirmados pelo COVID-19 ultrapassa os 66 mil casos e os óbitos passam da marca de 2.300 pessoas.