Com salários atrasados, maqueiros fazem paralisação no maior hospital de urgência e emergência do RN

Maqueiros e profissionais da higienização do Walfredo Gurgel fazem paralisação por atraso nos salários — Foto: Kléber Teixeira / Inter TV Cabugi

Maqueiros e profissionais da higienização terceirizados que atuam no maior hospital público de urgência e emergência do Rio Grande do Norte, o Hospital Walfredo Gurgel, em Natal, fazem uma paralisação dos serviços desde o fim de semana.

A categoria começou uma parada de advertência na última sexta-feira (22), por atraso no pagamento dos salários, e continuou com a medida ao longo do fim de semana, com parte das atividades suspensas ainda nesta segunda-feira (25).

Os trabalhadores reclamam que não receberam o salário de dezembro, que deveria ter sido pago até o quinto dia útil de janeiro. O serviço está comprometido em vários setores do hospital.

Na manhã desta segunda-feira (25), um homem pegou a maca por conta própria e transportou um paciente que precisava de atendimento, porque não havia maqueiros na unidade.

“Todos os setores do hospital dependem dos maqueiros, no centro cirúrgico, no centro de recuperação de operados, no poli trauma todos os exames internos são transportados por maqueiros e esse serviço está comprometido”, disse um homem que preferiu não se identificar

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou que nesse domingo (24), foi realizado o pagamento da empresa terceirizada responsável pela prestação de serviços dos maqueiros do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. A Sesap disse ainda que a empresa informou que manteve contato com o sindicato e confirmou que o serviço seria normalizado nesta segunda-feira (25).

O Diretor do Sindicato dos Trabalhadores em enfermagem, Domingos Ferreira, disse que os funcionários decidiram continuar a paralisação até o dinheiro cair na conta. Ele disse ainda, que a empresa explicou que o governo ainda não pagou tudo que devia e, por isso, o salário dos funcionários ainda não foi depositado. Segundo o diretor, a empresa prometeu fazer o depósito até quinta-feira, (28)

Do G1 RN