Banco do Nordeste apresenta Programa de Desenvolvimento Territorial ao trade turístico do RN

Principal fórum de discussões do turismo norte-rio-grandense, o Polo Costa das Dunas tem reunião virtual agendada para esta terça, 23, com a metodologia do Programa de Desenvolvimento Territorial, Prodeter, do Banco do Nordeste como tema central. A apresentação será pela plataforma virtual Meet, das 9h às 10h25. Esta será a 85ª reunião desde a criação do Polo, em 1999.

O Prodeter do BNB trabalha com o fortalecimento de diversas cadeias produtivas em sua área de atuação, cabendo à região litorânea potiguar, ao sul e ao norte de Natal, a priorização do turismo. As ações do Programa visam potencializar a cooperação e a participação dos agentes institucionais e econômicos no processo de desenvolvimento local e territorial, com a articulação de políticas públicas e a promoção do financiamento integrado e orientado das atividades produtivas.

“O Programa de Desenvolvimento Territorial é uma estratégia do Banco do Nordeste para contribuir com o desenvolvimento territorial e local por meio da organização, fortalecimento e elevação da competitividade das atividades econômicas da região”, pontua o agente de desenvolvimento Onireves Cardoso, coordenador do Território Turismo do Prodeter e responsável pela explanação no evento.

“O Rio Grande do Norte tem onze territórios definidos no Programa. Em 2020, o volume de recursos contratados nas sete atividades econômicas priorizadas foi na ordem de R$ 92 milhões de reais. Esse modelo permite o financiamento integrado das atividades econômicas, reduzindo os custos de produção e, por conseguinte, melhorando o desempenho dos empreendimentos”, acrescenta o gerente de Desenvolvimento Territorial do BNB, Agnelo Peixoto Neto.

O Conselho é coordenado pela secretária de Turismo do Rio Grande do Norte, Ana Maria Costa, e secretariado pelo Banco do Nordeste. São 37 assentos, ocupados pelas principais entidades, públicas e privadas, ligadas à atividade econômica no RN, universidades e municípios. A reunião também abordará a atualização do planejamento e do calendário anual de ações e eventos de turismo. 

Qual sua opinião?