Banco de Leite da Maternidade Escola Januário Cicco precisa de doações

O Banco de Leite Humano (BLH) da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC-UFRN-Ebserh), considerado referência no Estado pela Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano/Fiocruz (rBLH), encontra-se com estoque baixo de leite e reforça a importância da doação para os bebês prematuros. 

“Somos o único banco de leite do estado que faz o processamento do leite materno para atender as unidades maternas, sejam elas públicas ou privadas. Para atender apenas a nossa demanda interna, seria necessário de 8 a 10 litros por dia”, comenta a coordenadora do Banco de Leite da MEJC, Ana Zélia Pristo. 

A queda dos estoques prejudica o aprovisionamento de leite materno aos recém nascidos prematuros, de baixo peso ou portadores de patologias, internados nas Unidades de Terapia Intensiva Neonatais (Utins) e que não podem ser amamentados pela própria mãe, colocando assim em risco a nutrição e desenvolvimento desses bebês que só contam com leite doado para se alimentar. 

Em funcionamento desde 1995, O BLH da MEJC é responsável pelo controle de qualidade e distribuição do leite materno para cerca de 80% dos recém-nascidos em situação de risco no Rio Grande do Norte. 

As mães que desejarem contribuir devem entrar em contato pelo telefone 0800.721.0078, a MEJC dispõe de coleta domiciliar através do Projeto Amigo do Peito, realizado em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do RN.