Bancários do RN definem início da greve por tempo indeterminado para 6 de outubro

Foto:divulgação

Foto:divulgação

Os bancários do RN reunidos em assembleia na noite desta segunda-feira, 28 de setembro, decidiram por seguir o calendário do Comando Nacional e iniciar a greve por tempo indeterminado no dia 6 de outubro.

A paralisação é decorrente da ausência de uma proposta decente da Fenaban e do Governo Dilma. A categoria entregou a pauta no início de agosto e após cinco negociações a Fenaban acenou com um reajuste de 5,5% mais um abono de R$ 2.500.

A categoria não aceita que o setor que teve recordes de lucratividade no primeiro semestre do anos apresente uma proposta indecente desta. Somente nos seis primeiros meses do ano os cinco maiores bancos do país lucraram mais de R$ 36 bilhões.

O Comando Nacional pede 16% de reajuste enquanto que a Frente Nacional de Oposição Bancária (movimento do qual o Sindicato dos Bancários do RN faz parte) reivindica 32% de reajuste, o que equivale as perdas nos bancos privados.
Portal JH