Hospital Onofre Lopes realiza cirurgia cardíaca inédita no SUS potiguar

A atmosfera pesada da saúde, ocasionada pela pandemia da covid-19, ganhou um suspiro de positividade nesta semana, quando o Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), vinculado à Universidade Federal do Rio Grande do Norte e à Rede Hospitalar Ebserh (HUOL-UFRN/Ebserh), na segunda-feira, 26, realizou um procedimento cardíaco inédito no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) potiguar.

O cirurgião cardiovascular Waldo Daniel executou a primeira cirurgia de revascularização do miocárdio minimamente invasiva com utilização de ponte de safena, procedimento que substitui as clássicas aberturas torácicas com incisão do osso esterno. 

 “O grande mérito da técnica inovadora é o tempo de recuperação do paciente, significantemente menor que o método convencional, garantindo abreviada volta às atividades rotineiras e prevenção de complicações pós-cirúrgicas”, explica o especialista pioneiro na cirurgia. Leia mais