Saúde tira do ar aplicativo que recomenda cloroquina

O Ministério da Saúde retirou do ar hoje o TrateCov, aplicativo lançado por Eduardo Pazuello na semana passada que recomenda a médicos prescrever cloroquina para “tratamento precoce” da Covid-19.

Em nota, a pasta informou que “o sistema foi invadido e ativado indevidamente, o que provocou a retirada do ar, que será momentânea”. Em tese, o aplicativo permitia apenas o uso por médicos.

Como mostramos, o Conselho Federal de Medicina pediu a retirada imediata do ar, alegando que o programa não preserva o sigilo das informações, permite uso pessoas que não são médicos e valida drogas sem reconhecimento científico.

Fonte: O Antagonista